Apesar de nunca ter comido e preparado aspargos frescos, a hora que eu vi o maço por um preço decente no mercado – agora está na época, trouxe pra casa. Estava com dúvida quanto à parte fibrosa, se cozinhava no vapor, essas coisas.

Fui consultar minha amiga Maira, que é chef (fina!) e ela me deu a seguinte dica: Segurar os aspargos nas pontas e dobrar. Vai quebrar certinho o que é fibroso do que é comestível. E a parte de baixo se aproveita sim. Descartei a parte bem da ponta e o restante fatiei, como ela ensinou.

E assim, pela primeira vez, eu fiz aspargos frescos, somente passados na manteiga, com sal e pimenta. Aliás, não precisa de mais nada! O próximo farei com azeite de oliva, que também deve ficar bem saboroso.

Adorei!

aspargos

About these ads