O que é esse frio doido fora de época?? Nessa friaca, somente uma sopa pode salvar!

Li Julie & Julia esses dias, o livro que deu origem ao filme que deve estrear em outubro. Julie Powell é uma secretaria quase balzaca que decide fazer – e blogar – todas as 500 e tantas receitas do livro Mastering the Art of Frech Cooking (Dominando a Arte da Culinária Francesa), da Julia Child.

Logo no começo do livro, Julie fala de Potage Parmentier,  uma sopa de batatas e alho poró. Eu havia chego em casa meio molhada e com frio, e após atender uma consultoria culinária por telefone (os nachos ficaram bons, Mari?) tudo o que eu precisa era uma sopa, nem que fosse de pedra.

Bem, havia alho poró e batatas, mas não a receita. Mas eu não sou uma pessoa de me intimidar com isso, oh não! (Também não estava a fim de pedir a receita praquele que tudo sabe, o google)

Refoguei na manteiga dois dentes de alho, uma cebola bem pequena e um talo de alho poró finamente picados. Juntei seis batatas pequenas em cubos e cobri com caldo de galinha. Deixei cozinhar até ficar macio, acertei sal e pimenta e salsinha bem picada. Bati parte da sopa no mixer (meu melhor amigo na cozinha), para ficar meio creme.

Ficou diferente da sopa de batatas que eu comia em casa, mas ficou muito saborosa. Aliás, notei uma semelhança entre Julie, Julia e eu. Todas acreditamos  em refogar na manteiga.

potage parmentier

Fui salva por um prato de sopa e uma taça de vinho.