A farofa da Vó Tereza é ícone da casa. A Vó fazia, a Motsia faz, la hermanita y yo fazemos também, da maneira mais ortodoxa.

Sempre nos finais de semana de churrasco lá em casa, tem que ter a farofa da Vó e a maionese da Oma Elisa. A farofa sempre foi responsabilidade da hermanita, e a maionese minha.

Quando o marido pediu farofa, lá fui eu pro fogão, sem receita, sem quantidades certas:

Uma colher generosa de manteiga derretida na panela com um fio de azeite para a manteiga não queimar, e farinha de mandioca aos poucos, até chegar no ponto. Nós gostamos mais úmida. Só acertar o sal e mais nada.

Familiares menos ortodoxos fritam cebola e bacon na manteiga, antes de por a farinha. Fica gostoso, mas aí já não é mais a farofa da Vó.


farofa