Eu andava com um pacote de macarrão para yakissoba miojo, no armário me olhando. E o shoyo também estava me piscando há dias!

Já estava com o almoço quase encaminhado quando mudei tudo do meio do caminho; os bifes de alcatra viraram tirinhas, fatiei alguns cogumelos frescos e peguei os legumes!

Sei que o meu yakissoba não é muito tradicional, já que não foi feito na wok; tampouco eu sou ortodoxa. Mas comemos de hashi, ao menos! :-)

Numa panela grande, com um fio de azeite, fritei a carne e os cogumelos fatiados; Juntei o shoyo, e os legumes: brócolis e couve-flor, cenoura, pimentão e cebola em pétalas. Usei um pouco de maizena (bem pouquinha) para engrossar o molho. O macarrão cozido (em 04 min!) se juntou ao povo e foram todos pra mesa com cebolinha picada e gergelim.

Update: Obviamente coloquei pimenta. Foi bastante pimenta calabresa! ;-)

Não deixo os legumes muito pequenos para conseguir pegá-los com facilidade com os hashis. :-)

Ficou ótimo! Eu me perdi nas quantidades, achei que teríamos que passar dias comendo yakissoba, mas sobrou só um pouquinho!

yakissoba

Pode não parecer, mas haviam mtos outros legumes!

Legumes sauté nunca são demais! Mas é importante dar uma variada, pra não ficar chato.

Batatas bolinha, brócolis e ervilhas cozidas (tudo junto né? menos panela pra lavar) com um pouco do tempero caseiro, escorridos, ganham um tanto de manteiga, pimenta do reino moída na hora e alho frito.

Porque alho tem tudo a ver com batatas e com brócolis!

legumes sauté

Deia

Andréia é paulista, entomóloga  , e professora  universetária em Registro, SP. Já foi Miss Registro e é aparentada com um famoso cantor de lambada, o Beto.
Ela também ‘mãe’ de uma felina,  super fashion, animadérrima , rockeira, gente fina da melhor qualidade e cozinheira de mão cheia!
Querem ver?

Como começou a cozinhar?
Bem cedo, ainda criança, assando bolinhos em latinhas de sardinha. Com uns nove anos me lembro da primeira incursão a cozinha: a famigerada “sopa de bolas”. Eu e minha irmã pegamos a receita em um livro vegetariano da minha mãe, ia uma massa (em bolas) que cozinhava no meio da sopa. Ficou horrível, sopa com umas bolotas de massa boiando…é só lembrar da “sopa de bolas” para dar umas boas risadas.

Gosta de novidades na sua cozinha?
Sim, sempre. De novos ingredientes a utensílios (eu quero um Turning Food Centre da Polishop, para fazer minhas próprias massas e linguiças!)

Doce ou salgado? Quais seus preferidos?
Para fazer, doce, para comer, os dois.

O que não falta na sua cozinha?
Leite (sem esse eu morro). Cebola, alho, gengibre, shoyo, pimenta-do-reino (para moer na hora) e algum doce na geladeira.

Suas especialidades?
Com certeza absoluta, ovos de páscoa, bombons e bolos de aniversário.

Minha receita:

Frango ao champignon e curry
(1 porção)
Para o frango.
1 filé de peito de frango
1 dente de alho ralado
1 pedaço pequeno de gengibre ralado
sal
pimenta-do-reino moída na hora

Tempere o filé com alho, gengibre, pimenta-do-reino e sal. Grelhe com manteiga e um pouco de azeite. Reserve

Para o molho de champignon ao curry
3 champignons (dos grandes) frescos e fatiados
1 dente de alho ralado
3 colheres de sopa de creme de leite
Manteiga
pimenta-do-reino moída na hora
sal (se precisar)
Curry à gosto

Na mesma frigideira onde o frango foi grelhado, adiciono um pouco de água e deixo ferver. Passo por uma peneira e reservo o molho. Na frigideira limpa, adiciono o alho e a manteiga e deixo fritar, em seguida adiciono os champignons fatiados e deixo refogarem. Adiciono duas colheres de sopa de molho coado da frigideira (ou o quanto vc quiser), o creme de leite (o quanto bastar, na verdade eu raramente utilizo medidas) e o curry. Coloque um pouco e prove, até acertar o aquantidade ideal para vc. O curry é “forte” e ardência vai do gosto de cada um.

Para acompanhar
Ervilha torta e champignons na manteiga e alho.

Fiz um pré-cozimento nas ervilhas e nos cogumelos (água quente e água gelada depois). Manteiga, alho, legumes, sal e pimenta-do-reino na frigideira.

Dicas:
Eu fiz uns cortes superficiais no filé, para grelhar mais rápido e assim não ficar seco.
Uso sempre champignons frescos, pois são mais baratos e gostosos. Aqui uma bandeja custa R$ 4,00.
Se vc tiver o creme de leite fresco, é melhor. Eu não tinha e usei o de caixinha.
Essa receita é uma invenção minha, eu geralmente acompanho com macarrão primavera, não com vegetais! Hj deu vontade de fazer os legumes.

frango ao champignon e curry

isca de carne oriental

Pessoas que cozinham diariamente – ou quase – volta e meia se deparam com um dilema: O que cozinharei hoje?

Esse foi um prato, se é que se pode chamar assim, num dia de tentar inovar, e aproveitar alguns legumes já quase no bico do corvo.

Acho que essa carne iria muito bem como um macarrão tipo lámen – vulgo miojão – para fazer as vezes de yakissoba mequetrefe. Mas a Efigênia e as minhas próprias bichas queriam arroz branco, e assim foi.

Numa panela, refogar as iscas de carne, no caso fraldinha, num fio de azeite, com alho e cebola. Adicionar o shoyo. Aí que rola aquele molhinho bom, com cara de comida chinesa.

Importante tomar cuidado com o sal, pois o shoyo já é bem salgado. Quando estava quase pronto, adicionei cenoura, brófolis brócolis, couve flor e pimenta biquinho grosseiramente picada.

Os legumes devem ficar bem firmes, para dar uma crocância ao prato.

Ou legumes para quem não gosta de legumes.

Eu gosto de legumes, mas aqui em casa nem todo mundo é fã. Mas estes aqui, temperados com um caldinho e manteiga, sempre fazem sucesso.

Pra facilitar minha vida, faço tudo numa panela só!

Fatie os legumes finamente no mandoline. Aqui foi batatinha e cenoura, mas às vezes também vão outros,e porquê não, alho e cebola.

Um dedinho de água numa panela e um pedacinho de caldo (se não tem o caldo, o marido não come).

A água fervendo e o caldo dissolvido, coloque os legumes nesse tantinho de água. Quase como se fosse um vapor. Deixe a água quase evaporar completamente. Se usar ervilhas congeladas, lembre-se de coloca-las um pouco antes da manteiga na panela.

Acrescente um pedaço de manteiga. Sal e pimenta, e está pronto!

Pode até não ser light… mas ainda é legume né? Tá valendo! ;)

legumes na manteiga