Adriano Edmundo é um conhecido advogado e empresário do Alto Vale do Itajaí (SC), um bon vivant, que gosta de tomar aquele whiskynho da diretoria, uma cervejinha bem gelada ou um vinho (às vezes ele mistura tudo e sobe no telhado, mas não vem ao caso!) A distinta família do Adriano Edmundo é composta por ele (claro), sua paciente esposa Cláudia e seu filho adotivo, mas que puxou ao papai, Zé Bob.

Dr. Adriano Edmundo gosta de receber seus amigos na sua residência, que podem adentrar por aquela fina porta branca laqueada, para a área de festa, onde serão certamente bem servidos.

No último evento realizado na residência do ilustre Dr. Adriano Edmundo, seus convidados puderam degustar apetitosos camarões, aqui batizados em homenagem à tão distinto personagem:

Camarões à la Adriano Edmundo

  • 01 kg de camarões limpos (recomeda-se o camarão rosa), marinados em suco de limão, sal, pimenta do reino moída na hora, cebola de cabeça, um pedaço de pimentão e água;
  • Farinha de trigo, para empanar
  • 02 ovos batidos, com aprox. meia xícara de leite e 1,5 colher de sopa de trigo (fica parecendo uma massinha, bem molinha)
  • Farinha de rosca
  • Palitos de dente, para espetar os camarões

Modus Operandi

Os camarões vão um a um pro palito (previamente umedecidos), e passam nessa ordem: pelo trigo, pela massinha a base de ovos e pela farinha de rosca. Devem ficar bem cobertos, em cada uma das etapas.

Deve ser frito em óleo ou gordura, previamente aquecida, mas não muito quente, para não queimar por fora e ficar cru por dentro. Usamos um fogareiro com um disco que lembra uma wok, que pode-se puxar os camarões pro ladinho, a fim de ficarem bem sequinhos.

Rende aproximadamente 06 dúzias

Sirva bem quentinho, acompanhado de um limãozinho!

PS: Dr. Adriano Edmundo não é o autor da receita. Mas é que ele gosta muito, então, nossa homenagem a ele, que faz parte da Diretoria!

Fotos Cristiano Moreira, JC Fotografia

crédito fotos: Cristiano Moreira, JC Fotografia

Primeiro eu quero mandar um oi pra Márcia, simpática mamãe da Luiza, que sempre me apresenta alguma novidade quando vou lá! ;-)

O couscous marroquino entrou pro meu Top 5 de carboidratos – não em primeiro lugar, porque competir com batata, arroz e pasta é páreo duro!

Couscous marroquino é uma delíclia! Eu só conhecia couscous de farinha de milho, esse de sêmola é novidade pra mim! E é mais rápido que miojo! Era o que faltava na minha vida!

Não tenho certeza que foi assim que a Márcia faz, exatamente mas vai lá:

Para dois monstrinhos:

Duas xícaras de caldo de frango, em ebulição, com um fio de azeite; assim que a água ferver, desligar, deitar 02 xícaras de couscous, o suco de um limão, as raspas, umas folhas de hortelã bem picadinhas, pimenta calabresa e salsinha;  deixar os grãozinhos incharem. Assim que estiver gordinhos, regar com um tanto mais de azeite, levar ao fogo novamente, e juntar uma porcão generosa de azeitonas verdes picadas. Estão ligados que se azeitona cozinhar muito, pode amargar né?

Eu acho que combina super bem com frango!

Ah, claro que 02 xícaras de couscous para 02 pessoas é bastante, mas garanto que se sobra na hora, não dura muito tempo na geladeira!

E que venham as próximas experiências com couscous! ;-)

Sábado, churrasco por começar e eu troco uma idéia com o Leandro, do Cozinha Pequena pelo twitter, sobre a sobremesa. Ele sugere uma super fina e romântica mousse de chocolate branco, que eu consegui assassinar e transformar em  outra coisa. Também consultei a receita de mousse de chocolate branco com hortelã da Nigella, e surgiu uma coisa mezzo híbrida, mezzo improvisada, mezzo para salvar o prato.

A nata não tomou ponto de mousse, resolvi trocar o whisky por cachaça, adicionar limão… e bem… no final das contas… adicionar gelatina sem sabor!!

O resultado? Bem, ficou uma tortinha firme (claro), que poderia ter ficado mais aerada e com mais limão. Mas sobrou tão pouco que ou estava boa, ou a larica do povo era grande!!

A quem interessar possa:

  • Aprox. 300 g de chocolate branco picado
  • 500 ml de nata – creme de leite fresco
  • Um gole de schnapps ;-)
  • Suco de 1 limão
  • 02 pacotes de gelatina sem sabor, derretida conforme as intruções do pacotinho (acho que um só resolvia, mas…)

Derreta o chocolate em banho maria, acrescente a nata (1oo ml), a cachaça e o limão.

Se tudo der certo, a sua nata (os outros 400 ml) chegará ao ponto de chantilly na batedeira e não será necessário fazer a gambiarra da gelatina, e misturando o ganache com o creme de leite batido, terá a sua linda mousse pronta, mas como a uruca da cozinha vazia ainda não deixou essa casa…

Derreta a dita da gelatina, misture ao ganache e com o fouet, acrescente o creme de leite. Para tentar dar um certo charme ao doce falido, untei uma forma de fundo falso com manteiga e despejei a mousse.

Até que desenformou direitinho!

E está oficialmente reaberta a cozinha! ;-)

* Já falei que não sou amiga da gelatina sem sabor?

* Já falei que eu sou maníaca por formas de abrir e de fundo falso? ;-)

Eu não sou muito de comer bolo; acho lindo um bolo todo confeitado e etc, mas na hora de comer, não me apetece tanto assim. Uma torta gelada iria super bem, mas pra levar pra fora de casa, e a torta ter que disputar lugar no cooler com a bebida… desconfiei que a torta iria perder a disputa! Portanto, uma lata de cookies foi a solução!

Via de regra eu sou uma pessoa de salgados, portanto fui buscar inspiração aqui; transcrevo a receita e minhas leves adaptações.
1 xícara (226g) de manteiga sem sal, amolecida
¾ xícara (150g) de açúcar refinado
¾ xícara (130g) de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara na hora de medir (usei menos de meia xícara no total, entre açúcar cristal e mascavo comum; não queria muito doce)

2 ovos

1 colher (chá) de baunilha
1 ½ colheres (chá) de suco de limão
1 colher (sopa) de raspas de casca de limão – esqueci de usar :-(
2 ½ xícaras (350g) de farinha de trigo
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
¼ colher (chá) de fermento em pó
¼ colher (chá) de sal
336g de chocolate branco em gotinhas ou pedacinhos – foi a olho, em raspas

Pré-aqueça o forno a 180ºC; forre duas assadeiras grandes, de beiradas baixas, com papel manteiga.

Na batedeira, usando a tigela grande, bata o açúcar refinado, o mascavo e a manteiga até misturar – não deixe que se tornem um creme muito fofo. Junte os ovos, um a um, e em seguida a baunilha, o suco e a raspas de limão. Misture.
Peneire a farinha, o bicarbonato, o fermento e o sal numa tigelinha. Acrescente-os ao creme e bata em velocidade baixa para incorporar. Agregue o chocolate branco com uma espátula de borracha/silicone.

Forme bolinhas de 2,5cm com a massa e coloque-as nas assadeiras preparadas, deixando 5cm de distância entre uma e outra. Asse por 10 minutos, ou até que as beiradas dourem e os centros estejam firmes – os meus precisaram de 15 minutos.
Deixe-os nas assadeiras por 3 minutos e então os remova cuidadosamente com uma espátula larga de metal. Transfira para uma gradinha;
Precisei de quatro formas, e na hora de bater, distraidamente bati a manteiga e os ovos; na hora da farinha, fez uma nuvem branca pela cozinha e acabei de misturar à mão; fiz os cookies com uma colherzinha de café, e apesar de eles se esparramarem um pouco enquanto assam, não ficaram com cara de cookies; da próxima vez os farei mais chatinhos e com mais suco de limão; achei que o limão não se sobressaiu. Também não tenho grade de esfriar biscoitos e não sei até onde isso interfere.

A receita é muito gostosa, não é enjoativa apesar do chocolate branco e é  fácil e rápido  de fazer. Recomendo! ;-)

cookies de limão e chocolate branco

 

A torta mais comentada da internet! A criação é da Faby da Rainhas do Lar e já foi amplamente feita mundo a fora! Faby, se tu queres dominar o mundo, a torta foi um bom começo! rsrsrs

Eu não sou chocólatra, em compensação adoro doce azedo! Eu que praticamente só faço cheesecake, me surpreendi com a torta. É gostosa, rende bastante, e não é difícil de fazer.

Massa

200 g de bolacha maria, maisena

Manteiga quanto baste

* Adicionei chocolate do padre na massa, umas 04 colheres.

Fazer uma farofinha e forrar o fundo e as laterais de uma forma de fundo removível. Eu tenho preguiça de forrar as laterais e forro só o fundo! ;-D Assar por uns 10 minutinhos e reservar.

Creme de limão

Bater no liqui: uma lata de leite condensado, uma de creme de leite, meia lata de suco de  limão (da próxima vez vou usar mais, gosto mais azedo!) e 2,5 colheres de gelatina sem sabor hidratada – é metade do pacotinho.

Creme de Chocolate

Aprox. 300 g de chocolate – usei meio amargo – derretido em banho maria, uma colher de manteiga, uma lata de creme de leite e as outras 2,5 colheres da gelatina sem sabor hidratada.A Faby ainda usa Nutella junto com o chocolate. Mas como (pasmem) Nutella sempre fica jogado aqui em casa, não usei.

Na receita original, o chocolate vai por baixo. Eu quiz uma torta ‘listrada’ e usei o chocolate por cima. Deixe gelar por umas 04, 05 horas, desenforme, decore e sirva. Não deixe de reservar um pedaço para comer no dia seguinte, se sobrar! ;-)

torta de limão e chocolate

O assédio à torta.

Nota: Fotografem antes da caipirinha, ok?

Até poderia somente ter feito um bolo. Mas há discordâncias sobre sabor de bolo aqui: de um lado, aquele que só come bolo de baunilha ou chocolate. Do outro, a que gosta de bolo de limão e laranja. Um bolo mezzo limão mezzo chocolate não me pareceu uma boa idéia.

Então me apeteceu, mais uma vez, usar as forminhas de muffins. Usei a massa básica que já mostrei aqui. Dividi a massa em 02.

Em uma,  adicionei raspas e limão e um pouco de suco.

Na outra eu IRIA colocar cacau em pó, mas…. acabou. Nescau? Também não tem. Ovomaltine! Também não tinha!

Agora a vergonha: achei um vidro de calda de chocolate para sorvete na geladeira. E pus na massa. Como a calda também era pouca (aff!!), adicioneu raspas dechocolate meio amargo. Eeeeeh, funcionou! A gambiarra deu certo!!

muffin de chocolate

Qual o seu?

Chocolate ou Limão?

muffin limao